::: Confira também: Guia Comercial
Uma em cada quatro regiões de SP tem aumento no consumo de água
Média da capital segue em queda; mapa mostra índices de 2013 até março.
Apesar de o consumo de água na cidade de São Paulo continuar em queda, algumas regiões têm registrado um aumento em 2015. Dados da Sabesp de março, os últimos divulgados pela empresa, mostram que seis áreas ampliaram os gastos e seis mantiveram o mesmo patamar do mês anterior. As outras 14 tiveram queda no consumo. A Sabesp divide a cidade em 26 regiões de atendimento.

A média da capital, de 10,3 mil litros por domicílio, é a menor desde o início da crise hídrica. Mas houve uma desaceleração na curva neste início de ano. Em fevereiro, a média ficou em 10,4 mil litros.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da Capital (CGE), São Paulo teve o verão mais chuvoso dos últimos 15 anos. Apenas em janeiro o índice de chuva abaixo da média esperada para o período. Com mais chuva, muita gente pode ter se descuidado na economia de água.

As regiões com aumento no consumo em março são Butantã, Santo Amaro, Vila Mariana, Capela do Socorro, Pirajussara e Jardins. A divisão de regiões da Sabesp é diferente da feita pela prefeitura. A área de atendimento dos Jardins, por exemplo, abrange desde Barra Funda e Perdizes até Pinheiros e Vila Nova Conceição.



Notícia Postada em 15/05/2015

 
ANUNCIANTES

Produzido por Pagina Internet
Copyright © 2010 - Todos os direitos reservados